domingo, 25 de dezembro de 2011

A Mais Bela Oração

A Mais Bela Oração

E estando o Mestre sozinho, no recôndito da preceeis que chega um de seus discípulos e suplica-lhe:

Senhor, ensina-nos a orar...
Na face do Mestre a mais bela expressão,
A Sua alma antevia o bálsamo que postergaria aos irmãospor todos os tempos, ao corresponder a tão singelo pedido.
E em um breve momento,
Viu-se nos gemidos dos enfermos,
no soluçar dos desiludidos.
No desequilíbrio dos desesperados,
no debater-se dos ensandecidos.
No desamparo dos fracos,
na aflição dos perseguidos.
Na soberba dos orgulhosos,
na escravidão dos oprimidos.
Na inconsolação dos injustiçados,
na incredulidade dos ímpios.
Viu-se também na pureza do sorriso da criança,
na afetuosidade dos amigos.
Na serenidade da brisa mansa,
na mansidão dos pacíficos.
E de teus lábios ouviu-se a mais bela oração:
Pai Nosso que estás no céu...
Pedi e vos dará
Buscai e achareis
Batei e abrir-se á.


Nenhum comentário:

Postar um comentário