terça-feira, 27 de setembro de 2011

Ao Toque de Reunir

Está escrito: "Seus anjos tocarão as trombetas, porque é chegada a hora santa do Senhor!"

As vozes dos Céus se farão ouvir e todos os
povos e todas as nações entoarão hosanas ao Senhor nas alturas.

Lentamente, no pautar das comunhões fraternas, Ismael vai r
eunindo o rebanho e fortalecendo o Coração do Mundo, para que a vontade excelsa do divino Mestre se manifeste em glória e saber, por todos os séculos, em todo o orbe terrestre. E a paz descerá sobre os homens, que então falarão na linguagem dos anjos e todos se entenderão, por muito se amarem.

Assinalada a passagem natalícia do Pacto Áureo, ouv
imos novamente o toque de reunir, para que os escolhidos de Ismael transmitam aos povos a necessidade de renovação moral, entendimento fraterno, sublimação dos sentimentos. A hora santa está presente. Povos e nações se digladiam. Preparem-se os dirigentes das instituições de Ismael para a tremenda responsabilidade de levarem a doutrina pura, em rito' espírito e verdade, para os corações sofredores que olham os Céus e buscam nas estrelas distantes um raio de esperança para a grande dor de seus corações. Preparem-se como amigos escolhidos, para que o triunfo do Senhor seja completo, na alegria e na dor. O segundo toque já foi desferido; os anjos dos Céus partem em todas as direções, baixados do Infinito, para erguer os corações caídos na tibieza dos costumes. Preparem-se na oração e na vigilância, pois esta é a hora sem limites, para que todos sintam a mensagem da fraternidade cristã.

Glorificamos a realização de Ismael, que faz surgir o sol da
liberdade para os corações envoltos nas sombras; faz desabrochar as flores do entendimento nos lares confinados na indiferença e faz saltar a água viva do Evangelho, para que a glória do Senhor não sofra a mácula do descuido.

Por isto, saudamos os Estados brasi
leiros que, sob a égide de Ismael, buscam a comunhão fraterna do amor divino, espalhando por seus dirigentes responsáveis a bênção do Espiritismo dor' consolador. E a responsabilidade individual vai crescendo e aumentando à medida que os clarões da verdade penetram e atingem os mais diversos âmbitos da grande nação brasileira.

Irradiai, irmãos, o vosso
amor, irradiai incansavelmente os ensinos do Mestre, para que o coração do planeta possa sustentar todo o orbe, que se assemelha a corpo doente necessitado de novo sangue.

Bendigamos ao Senhor e, unidos sob o s
eu amor, sintamos a bênção do momento presente, quando for desferido o segundo toque

Nenhum comentário:

Postar um comentário