quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

SOLIDÃO

"Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim." Chico Xavier

SOLIDÃO

"O presidente, porém, disse: - mas, que mal fez ele? E eles mais
clamavam, dizendo: - seja crucificado." - (Mateus, 27:23).

A medida que te elevas, monte acima, no desempenho do próprio dever, experimentas a solidão dos cimos e incomensurável tristeza te
constringe a alma sensível.
Onde se encontram os que sorriram contigo no parque primaveril da
primeira mocidade? Onde pousam os corações que te buscavam o
aconchego nas horas de fantasia? Onde se acolhem quantos te
partilhavam o pão e o sonho, nas aventuras ri dentes do início?
Certo, ficaram...
Ficaram no vale, voejando em círculo estreito, à maneira das
borboletas douradas, que se esfacelam ao primeiro contacto da
menor chama de luz que se lhes descortine à frente.
Em torno de ti, a claridade, mas também o silêncio...
Dentro de ti, a felicidade de saber, mas igualmente a dor de não
seres compreendido...
Tua voz grita sem eco e o teu anseio se alonga em vão.
Entretanto, se realmente sobes, que ouvidos te poderiam escutar a
grande distância e que coração faminto de calor do vale se
abalançaria a entender, de pronto, os teus ideais de altura?
Choras, indagas e sofres...
Contudo, que espécie de renascimento não será doloroso?
A ave, para libertar-se, destrói o berço da casca em que se formou,
e a semente, para produzir, sofre a dilaceração na cova desconhecida.
A solidão com o serviço aos semelhantes gera a grandeza.
A rocha que sustenta a planície costuma viver isolada e o Sol que
alimenta o mundo inteiro brilha sozinho.
Não te canses de aprender a ciência da elevação.
Lembra-te do Senhor, que escalou o Calvário, de cruz aos ombros feridos. Ninguém o seguiu na morte afrontosa, à exceção de dois
malfeitores, constrangidos à punição, em obediência à justiça.
Recorda-te dele e segue...
Não relaciones os bens que já espalhaste.
Confia no Infinito Bem que te aguarda.
Não esperes pelos outros, na marcha de sacrifício e engrandecimento.
E não olvides que, pelo ministério da redenção que exerceu para todas as
criaturas, o Divino Amigo dos Homens não somente viveu, lutou e
sofreu sozinho, mas também foi perseguido e crucificado.

Emmanuel
psicografia de Chico Xavier. Livro: Fonte Viva
.........


MODO DE SENTIR

"Renovai-vos pelo espírito no vosso modo de sentir". - Paulo (Efésios, 4:23).

Há muitos séculos o homem raciocina, obediente a regras quase inalteradas, comparando fatores externos segundo velhos processos de observação;
rege a vida física com grandes mudanças no setor das operações orgânicas fundamentais e maneja a palavra como quem usa os elementos indispensáveis a determinada construção de pedra terra e cal.
Nos círculos da natureza externa, em si, as modificações em qualquer
aspecto são mínimas, exceção feita ao progresso avançado nas
técnicas da ciência e da indústria.
No sentimento, porém, as alterações são profundas.
Nos povos realmente educados, ninguém se compraz com a escravidão
dos semelhantes, ninguém joga impunemente com a vida do próximo,
e ninguém aplaude a crueldade sistemática e deliberada, quanto antigamente.
Através do coração, o ideal de humanidade vem sublimando a mente
em todos os climas do Planeta.
O lar e a escola, o templo e o hospital, as instituições de previdência
e beneficência são filhos da sensibilidade e não do cálculo.
Um trabalhador poderá demonstrar altas características de inteligência
e habilidade, mas, se não possui devoção para com o serviço,
será sempre um aparelho consciente de repetição, tanto quanto
o estômago é máquina de digerir, há milênios.
Só pela renovação íntima, progride a alma no rumo da vida aperfeiçoada.
Antes do Cristo, milhares de homens e mulheres morreram na cruz,
entretanto, o madeiro do Mestre converteu-se em luz inextinguível
pela qualidade de sentimento com que o crucificado se entregou ao
sacrifício, influenciando a maneira de sentir das nações e dos séculos.
Crescer em bondade e entendimento é estender a visão e santificar
os objetivos na experiência comum.
Jesus veio até nós a fim de ensinar-nos, acima de tudo,
que o Amor é o caminho para a Vida Abundante.
Vives sitiado pela dor, pela aflição, pela sombra ou pela enfermidade?
Renova o teu modo de sentir, pelos padrões do Evangelho, e enxergarás
o Propósito Divino da Vida, atuando em todos os lugares,
com justiça e misericórdia, sabedoria e entendimento.

Emmanuel
psicografia de Chico Xavier. Livro: Fonte Viva
..............


SEMENTEIRA E CONSTRUÇÃO

"Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus
e edifício de Deus." - Paulo. (I Coríntios, 3: 9).

Asseverando Paulo a sua condição de cooperador de Deus e designando a lavoura e o edifício do Senhor nos seguidores e beneficiários do Evangelho que o cercavam, traçou o quadro espiritual que sempre existirá na Terra em aperfeiçoamento, entre os que conhecem e os que ignoram a verdade divina.
Se já recebemos da Boa Nova a lâmpada acesa para a nossa jornada,
somos compulsoriamente considerados colaboradores do ministério
de Jesus, competindo-nos a sementeira e a construção dele em todas
as criaturas que nos partilham a estrada.
Conhecemos, pois, na essência, qual o serviço que a Revelação nos
indica, logo nos aproximemos da luz cristã.
Se já guardamos a bênção do Mestre, cabe-nos restaurar o equilíbrio
das correntes da vida, onde permanecemos, ajudando aos que se
desajudam, enxergando algo para os que jazem cegos e ouvindo
alguma coisa em proveito dos que permanecem surdos, a fim de que
a obra do Reino Divino cresça, progrida e santifique toda a Terra.
O serviço é de plantação e edificação, reclamando esforço pessoal e
boa-vontade para com todos, porquanto, de conformidade com a
própria simbologia do apóstolo, o vegetal pede tempo e carinho para
desenvolver-se e a casa sólida não se ergue num dia.
Em toda parte, porém, vemos pedreiros que clamam contra o peso do
tijolo e da areia e cultivadores que detestam as exigências de adubo
e proteção à planta frágil.
O ensinamento do Evangelho, contudo, não deixa margem a qualquer dúvida.
Se já conheces os benefícios de Jesus, és colaborador dele, na vinha
do mundo e na edificação do espírito humano para a Eternidade.
Avança na tarefa que te foi confiada e não temas. Se a fé representa a nossa coroa de luz, o trabalho em favor de todos é a nossa bênção de cada dia.

Emmanuel
psicografia de Chico Xavier. Livro: Fonte Viva
............


ACORDAR E ERGUER-SE

"Desperta, tu que dormes! Levanta-te dentre os mortos e o Cristo te
iluminará." - Paulo. (Efésios, 5:14).

Há milhares de companheiros nossos que dormem, indefinidamente, enquanto se alonga debalde para eles o glorioso dia de experiência sobre a Terra.
Percebem vagamente a produção incessante da Natureza, mas não se
recordam da obrigação de algo fazer em benefício do progresso coletivo.
Diante da árvore que se cobre de frutos ou da abelha que tece o favo
de mel, não se lembram do comezinho dever de contribuir para a
prosperidade comum.
De maneira geral, assemelham-se a mortos preciosamente adornados.
Chega, porém, um dia em que acordam e começam a louvar o
Senhor, em êxtase admirável...
Isso, no entanto, é insuficiente.
Há muitos irmãos de olhos abertos, guardando, porém, a alma na
posição horizontal da ociosidade.
É preciso que os corações despertos se ergam para a vida, se levantem para trabalhar na sementeira e na seara do bem, a fim de que o Mestre os ilumine.
Esforcemo-nos por alertar os nossos companheiros adormecidos,
mas não olvidemos a necessidade de auxiliá-los no soerguimento.
É imprescindível saibamos improvisar os recursos indispensáveis
em auxílio dos nossos afeiçoados ou não que precisam levantar-se
para as bênçãos de Jesus.
Não basta recomendar.
Quem receita serviço e virtude ao próximo, sem antes preparar-lhe o
entendimento, através do espírito de fraternidade, identifica-se com o
instrutor exigente ,que reclama do aluno integral conhecimento
acerca de determinado e valioso livro, sem antes ensiná-lo a ler.
Disse Paulo: - "Desperta, tu que dormes! Levanta-te dentre os
mortos e o Cristo te iluminará."
E nós repetiremos: - "Acordemos para a vida superior e levantemo-nos
na execução das boas obras e o Senhor nos ajudará,
para que possamos ajudar os outros."

Emmanuel
psicografia de Chico Xavier. Livro: Fonte Viva
...........

SUGESTÕES

Seu triunfo e libertação dependem do esforço desenvolvido para atingir a meta que você objetiva.
Cuide do seu íntimo - fiscalize a mente.

No equilíbrio originário da segurança interior, surge a paz inspiradora da felicidade irradiante.

Comece a felicidade onde sua realização felicite alguém e "guarde a calma na luta", que "é sempre um sinal de força e confiança".

Marco Prisco (espírito) / psicografia de Divaldo Franco
..............



Afeiçoe-se ao conhecimento e estude sem cessar. A ignorância que se retrai deixa campo à felicidade que se expande.

Transforme a própria fé num Evangelho de ações superiores. A maior religião e a mais necessária é aquele que, fundamentando-se na crença em DEUS, na imortalidade da alma e na Justiça Divina pelo renascimento, se converte em bênção a favor de todos.
Fé ativa, fé consoladora - religião ideal.

Marco Prisco (espírito) / psicografia de Divaldo Franco

Nenhum comentário:

Postar um comentário