sexta-feira, 28 de outubro de 2011

SEMPRE LEMBRADOS: CONFÚCIO


SEMPRE LEMBRADOS: CONFÚCIO


K’ung Ch’iu (Confúcio) nasceu no século VI (551 A.C) na China, em Tsou, cidadezinha no estado de Lu, conhecida atualmente por Shantung. Foi o fundador da doutrina chamada confucionismo, um dos grandes personagens históricos e mestres chineses, político e filósofo. Apesar de seus ancestrais terem sido nobres, viveu sua vida na pobreza tendo que trabalhar desde muito cedo para ajudar no sustento da família, espalhando seus ensinamentos por toda Ásia. Como político, tentou por diversas vezes alcançar um cargo administrativo sem lograr êxito devido aos seus ideais revolucionários de mudanças nas bases do sistema do governo; Confúcio vivia muito próximo ao povo, conheceu os diversos reinos feudais , queria melhorar a situação dos súditos que eram explorados com impostos e diminuir as penalidades atribuídas aos mesmos.

Sua doutrina ainda praticada em alguns países tem como princípios:
Busca do caminho Tao, inexistência de igrejas, sacerdotes e livros sagrados.
Ren (humanidade, altruísmo)
Li (cortesia ritual)
Zhi, (conhecimento ou sabedoria moral)
Xin, (integridade)
Zhing, (fidelidade)
Yi, (justiça, retidão, honradez)
Desencarnou aos 72 anos em sua terra natal, nos deixando valorosos ensinamentos:

“Querem que vos ensine o modo de chegar à ciência verdadeira? Aquilo que se sabe, saber que se sabe; aquilo que não se sabe, saber que não se sabe; na verdade é este o saber.”

“Não são as ervas más que afogam a boa semente, e sim a negligência do lavrador.”

“Quando vires um homem bom, tenta imitá-lo; quando vires um homem mau, examina-te a ti mesmo.”

“Coloque a lealdade e a confiança acima de qualquer coisa; não te alies aos moralmente inferiores; não receies corrigir teus erros.”

“Não corrigir nossas faltas é o mesmo que cometer novos erros.”

“Até que o sol não brilhe, acendamos uma vela na escuridão.”

“Ainda não vi ninguém que ame a virtude tanto quanto ama a beleza do corpo.”

“O homem superior atribui a culpa a si próprio; o homem comum aos outros.”

“A experiência é uma lanterna dependurada nas costas que apenas ilumina o caminho já percorrido.”

“A humildade é a única base sólida de todas as virtudes.”

“Exige muito de ti e espera pouco dos outros. Assim, evitarás muitos aborrecimentos.”

“Como é que um homem sem as virtudes que lhe são próprias pode cultivar a música?”

“O sábio envergonha-se dos seus defeitos, mas não se envergonha de os corrigir.”

“Mil dias não bastam para aprender o bem; mas para aprender o mal, uma hora é demais.”

“Não fales bem de ti aos outros, pois não os convencerás. Não fales mal, pois te julgarão muito pior do que és.”

“O homem que é firme, paciente, simples, natural e tranqüilo está perto da virtude.”
“Deixa o caráter ser formado pela poesia, fixado pelas leis do bom comportamento e aperfeiçoado pela música.

Nenhum comentário:

Postar um comentário