quinta-feira, 27 de outubro de 2011

PERDOA SEMPRE

PERDOA SEMPRE

Auxiilia aos outros, sem a preocupação de receber o amparo alheio.
Tudo aquilo que fizermos agora, será aquilo que colheremos depois.
Consideremos, porém que a fim de sanar os desajustes na engrenagem de nosso relacionamento recíproco, o Senhor nos concede a bênção da compaixão.
Se anotas a presença de amigos candidatos ao discemimento maior com as falhas naturais pelas quais se identificam, compadece-te deles e ampara-os com as forças ao teu alcance.
Abraça o trabalho do bem aos outros com alegria.
Aprende a colocar com o bem do próximo, na convicção de que ninguém progride a sós.
Trabalha e serve constantemente.
E certifica-te de que, onde o pensamento positivo do bem prevaleça, ai brilha o caminho do aperfeiçoamento de nossas almas para Deus, fortalecendo-nos para que estejamos na realização do melhor.
Em qualquer situação difícil, aparentemente insolúvel, usa mais paciência, porque a paciência é construção da alma sobre os alicerces da fé em Deus e, aplicando mais paciência onde estiveres, em quaisquer tribulações que, porventura te apareçam, claramente vencerás.

Nenhum comentário:

Postar um comentário