quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

OS ESPÍRITAS TÊM DIREITO ÀS FÉRIAS,


 OS ESPÍRITAS TÊM DIREITO ÀS FÉRIAS,  Os espíritas saem de férias? A Casa Espírita pode tirar férias?    
     O vocábulo  férias é um substantivo feminino plural que significa” período  de descanso a que têm direito empregados ,servidores públicos, estudantes etc. ,depois de passado um ano ou um semestre de trabalho ou de atividades”
     O conceito vale para labor remunerado ou prestação de serviços.
     A lei Divina do trabalho insere em suas diretrizes a necessidade do repouso, Como ser humano e profissional, o espírita tem direito de usufruir as férias decorrentes da sua prestação de serviços. É comum que parte ou totalidade desse período de férias também seja utilizada para uma pausa em suas atividades na Casa Espírita. Alguns aproveitam parcela deste tempo aos interesses particulares, familiares e sociais. Nada que fuja à normalidade, considerando-se à necessidade de cuidar da vida matéria l. Porém cabe lembrar: na vida cotidiana, somos espíritas todos os dias.
     No que tange aos espíritos saírem de férias, aprendemos que a Lei do Repouso é rigorosamente observada por eles. Quando consciente de seu papel na construção de um mundo melhor,o Espírito aproveita utilmente o tempo livre. A palavra férias se aplica mais a nós que aos Espíritos. Por esta razão, há que os libertos do corpo físico, sobretudo àqueles evoluídos.
     A terceira questão é complexa e exige seguro posicionamento., A Casa Espírita jamais deve fechar as suas portas, ressalvadas as circunstâncias e obrigações imperiosas, pois a necessidade não tira férias e a dor não tem hora marcada . Por esta razão, há que se organizar  equipes de trabalho para garantir o ininterrupto funcionamento das atividades destinadas ao atendimento do público, encarnado e desencarnado. Feriados como Natal, Ano Novo Carnaval, entre outros, são oportunidades de servir.  É recomendável manterem- se atividades, principalmente, os serviços de palestras públicas, passes, atendimento fraterno   e reuniões mediúnicas.
     A Casa Espírita é uma fonte de luz constante para assistência, consolo e esclarecimento  aos necessitados do corpo e do espírito.
Fonte-revista o reformador
Texto- Geraldo Campetti Sobrinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário